‘Precisamos ter a nossa Guantánamo’, diz Witzel a policiais civis ao falar sobre crime organizado no Rio

‘Estão sambando na nossa cara, estão nos desafiando’ disse governador à plateia durante posse de Marcus Vinicius Braga como secretário de Polícia Civil

O novo secretário de Polícia Civil do Rio, delegado Marcus Vinicius Braga, foi empossado nesta quinta-feira na Cidade da Polícia, no bairro do Jacaré, na Zona Norte do Rio. O governador Wilson Witzel participou da cerimônia e, mais uma vez, foi enfático – e polêmico – ao falar sobre o crime organizado no Rio de Janeiro. Desta vez, Witzel citou a prisão militar dos Estados Unidos na ilha de Guantánamo, em Cuba.

– Eles estão sambando na nossa cara, estão nos desafiando. Não podemos fazer disso uma guerra. Temos que fazer segurança pública. Mas esse que leva o fuzil é o elo mais fraco de corrente. Por isso vamos investigar o elo mais forte, que é quem coloca o fuzil, quem dá o dinheiro. Esses que estão de fuzil na mão nas comunidades são terroristas, e como terroristas devem ser tratados. A lei antiterrorismo pode dar penas de 50 anos, em estabelecimentos prisionais destacados, longe da civilizacao. Precisamos ter a nossa Guantánamo – disse à plateia, formada por policiais civis.

O novo secretário de Polícia Civil do Rio, delegado  Marcus Vinicius Braga, anunciou, durante discurso em a cerimônia que o Núcleo de Investigação de Morte de policiais da Delegacia de Homicídios (DH) será reforçado.

 – Cada morte de policial tem que ser investigada como prioritária no governo. Não vão mais matar policiais – afirmou o novo secretário. Para ele, há sustentação jurídica para o eventual abate de criminosos defendido pelo governador.

– O artigo 25 do Código Penal abarca situações de perigo iminente. A sustenção jurídica é do Código Penal. Não sou eu que estou dizendo – concluiu.

Fonte: O Globo


Governador Wilson Witzel assina a posse de Marcus Vinicius Braga como secretário de Polícia Civil do Rio Foto: Roberto Moreyra / Agência O Globo

0 Comments

There are no comments yet

Leave a comment