Author: Estado Livre da Guanabara

Partidos de Esquerda anunciam unificação

PS, PSD e MCT anunciam a criação do MST visando fortalecer a Esquerda na Guanabara

As eleições presidenciais no Estado Livre da Guanabara vão ocorrer no próximo dia 31 de outubro e o novo presidente já deve tomat posso no dia 1º de Novembro.

Visando fortalecer a Esquerda na política guanabarense, os três partidos de Esquerda se fundiram em um só. O Partido Socialista (liderado por Wanderley da Silva), o Partido Social Democrata (liderado por Fabiana Costa) e o Movimento Coletivo dos Trabalhadores (liderado por Renato Al Mig) anunciaram a criação do Movimento Socialista dos Trabalhadores (MST).

Segundo informações não oficiais o partido deve apoiar a reeleição do atual presidente Adilson Requião do Partido Liberal. Porém o MST sai bastante fortalecido para a Eleição Legislativa que vai ocorrer em 1º Março de 2020, tendo Renato Al Mig como potencial candidato ao cargo de Primeiro Ministro.

Logo do Movimento Socialista dos Trabalhadores

Reunião define data e horário da final da SuperTaça da Guanabara

Decisão entre Cachambi FC e Porto Novo será na Arena da Tijuca

Na manhã desta sexta-feira, 6 de setembro de 2019, ficou definida que a decisão da SuperTaça Guanabara 2019.3 será jogada no domingo, dia 15 de setembro às 16:30 na Arena da Tijuca, no Rio de janeiro.

O jogo vai colocar frente à frente o campeão da Primeira Liga Guanabara, o Cachambi CF e o campeão da Taça da Guanabara, o Porto Novo.

Será o confronto entre os dois melhores elencos da Guanabara. Os dois clubes mais ricos e uma rivalidade cada vez mais crescente.

Crescimento do PIB em 1,8% no segundo trimestre de 2019

Crescimento do PIB em 1,8% no segundo trimestre de 2019

Ministério da Economia informa crescimento de 1,8% no Produto Interno Bruto (PIB) no segundo trimestre de 2019, face o mesmo período de ano anterior.

Governo prevê um crescimento de 1,9% para todo o ano de 2019. Mas a meta pode ser ultrapassada já em setembro.

O que ajuda a explicar o crescimento econômico foi a desburocratização para a abertura de novas empresas, o que atraiu investimento estrangeiro.

Regulação das Regiões Administrativas e seus governantes

O Governo do Estado Livre da Guanabara oficializa a organização de seu território em 8 Regiões Administrativas.

Cada região terá um governante responsável pelo desenvolvimento local.

Segue abaixo o quadro de suas Regiões Administrativas e seus respectivos governantes.

Divisões de Primeiro Nível (Distritos)

Divisões Administrativas da República da Guanabara
Flag Coat of arms Nome Province
code
Capital Habitantes Área (est.)
(m2)
Densidade Governador Sede Adnministrativa
Bandeira Guanabara.png Brasão Guanabara.png Guanabara GU Rio de Janeiro 16 718 956 hab. 43 780,172 km² 381,88 hab./km² Adilson Requião Parlamento da Guanabara
Primeiro Nível – Regiões Administrativas
DistritodoRio.png Royal Coat of Arms of Juclandia.png Rio de Janeiro RIO Rio de Janeiro 6,500,000 hab. 1 200,177 km² 5 573,28 hab./km² Adilson Requião Prefeitura do Rio de Janeiro
BandeiraNiteroi.png BrasaoNiteroi.png Niterói NIT Niterói 500,000 nab. 129,3 km² 3 958,13 hab./km² Fabiana Costa Prefeitura de Niterói
BaixadaFluminenseFlag.png BaixadaFluminenseFlag.png Baixada Fluminense BAI Duque de Caxias 2,419,298 hab. 799,085 km² 3, 027,58 hab./km² Wanderley da Silva Prefeitura de Dique de Caxias
RegiaoSerranaFlag.jpg RegiaoSerranaFlag.jpg Região Serrana SER Petrópolis 480,000 hab. 1 785 063 km² 0,27 hab./km² Nuno Alberto (Don Nuno) Prefeitura de Petrópolis
Flag of Urcensia.png Coat of arms of Urcensia.png Região dos Lagos LAG Cabo Frio 670,000 hab. 3 633,803 km² 186,5 hab./km² Em aberto Em aberto
NorteFluminense.jpg Coat of arms of Ayrshire.png Norte Fluminense NOR Campos dos Goytacazes 1,180,000 hab. 15 105 988 km² 61,0 hab./km² Renato Al Mig Prefeitura de Campos
SulFluminenseFlag.png SulFluminenseFlag.png Sul Fluminense SUL Volta Redonda 1 062 000 hab. 7 918 501 km² 134,1 hab./km² Tobias ferreira Prefeitura de Volta Redonda
CentroFluminenseFlag.jpg CentroFluminenseFlag.jpg Centro Fluminense CEN Nova Friburgo 472,246 hab. 6 817,732 km² 69,3 hab./km² Em aberto Em aberto

Observação: Algumas regiões ainda não possuem governantes, em breve este quadro será preenchido.

Parlamento anuncia Renato Al Mig como novo membro

O Parlamento da Guanabara emitiu um Comunicado Oficial para informar que o presidente do Movimento Coletivo dos Trabalhadores, o MCT, será membro do Parlamento e poderá exercer as funções legislativas dentro do parlamento.

Com isto, O Parlamento passa a ter seis membros.

 

Membros do Parlamento

LOGO PARTIDOS IDEOLOGIAS PARLAMENTARES ELEITOS
Partido Liberal.jpg Partido Liberal Liberalismo Econômico
Partido Socialista.png Partido Socialista Socialismo
PSD Guanabara.png Partido Social Democrata Social democracyProgressivism
PNCG.png Partido Conservador Nacionalismo – Conservadorismo
MCT.png Movimento Coletivo dos Trabalhadores Centro – Progressismo

Novo ministro toma posse na Guanabara

Ocorreu nesta semana, mais precisamente na última quinta-feira, 15 de agosto de 2019 a cerimônia de posse do novo ministro do Governo do Estado Livre da Guanabara. O evento ocorreu no Palácio da Guanabara, no Rio de Janeiro.

Trata-se do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento Social e Trabalho, criado para ajudar no desenvolvimento da Guanabara como micronação. O ministério será liderado por Renato Al Mig.

Definição de políticas previdenciária, salarial, proteção dos sistemas operacionais e criação de organismos transparentes e éticos das operações da secretaria e do ministério o qual é subordinado serão as atribuições do novo ministério.

As ações do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento Social e Trabalho podem ser acompanhadas pelas ações do gabitene do ministro Renato Al Mig no Fórum Oficial – http://guanabaravirtual.org/forum/forum/planejamento-desenvolvimento-social-e-trabalho/ .

Tratado de Niterói – Reconhecimento entre Guanabara e Reino da Espanha

TRATADO DE RECONHECIMENTO MÚTUO

REINO Da ESPANHA e o ESTADO LIVRE DA GUANABARA, através da Chancelaria Real e do Ministério de Relações Exteriores, em nome de Sua Majestade Real Dom Tiago III de Saxe-Coburgo-Gotha e de Sua Excelência Adilson Requião, concordam em utilizar sua influência para oferecer suporte mútuo em seus posicionamentos em negócios internacionais quando houver concordância entre ambas as nações. Neste caso, concordam em construir uma relação diplomática forte construída na solidariedade e cooperação entre nações.

Este tratado também é dado como base para qualquer consulado ou embaixada que sejam estabelecidos entre as duas nações. Estas embaixadas deverão estar sob a administração única da Chancelaria Real, no caso do Reino da Espanha, e do Ministério de Relações Exteriores, no caso do Estado Virtual da Guanabara. Tais agências são reconhecidas como elo exclusivo entre as nações.

Doravante, a quem interessar possa, reconheça-se que os seguintes artigos entram em vigor de boa fé e espontaneamente pelos governos do Reino da Espanha e do Estado Livre da Guanabara.

Artigo 1º – O Reino da Espanha reconhece oficialmente o Estado Livre da Guanabara como uma micronação soberana e independente, reconhece Sua Excelência Adilson Requião, como seu legítimo governante e Chefe de Estado, reconhece seu atual governo como legítimo e legalmente empossado, e também o Ministério de Relações Exteriores como a única entidade autorizada a pronunciar-se pelo povo da Guanabara diante da comunidade internacional.

Artigo 2º – O Estado Livre da Guanabara reconhece oficialmente o Reino da Espanha como uma micronação soberana e independente, reconhece Sua Majestade Real Dom Tiago III de Saxe-Coburgo-Gotha, o Rei, como seu legítimo governante e Chefe de Estado, reconhece seu atual governo como legítimo e legalmente empossado, e também Chancelaria Real como a única entidade autorizada a pronunciar-se pelo povo da Espanha diante da comunidade internacional.

Artigo 3º – Deverá haver um estado perpétuo de amizade e não-agressão entre os Estados supramencionados e que as partes devem esforçar-se para resolver de maneira pacífica quaisquer questões que possam ocorrer para afastá-las.

Artigo 4º – Que ambas as partes signatárias esclarecem que este ato bilateral de reconhecimento, irrevogável e incondicional, se estende só e unicamente às micronações soberanas e independentes das quais esta declaração se trata, seus Governos e seus Territórios, não compreendendo, necessariamente, os países, micropaíses ou agremiações de semelhante caráter por estes entes reconhecidos ou aos quais estendem laços de amizade ou aliança.

Artigo 5º – Que ambas as partes devem respeitar seus aspectos militares e políticos, desde que eles não infrinjam seus próprios interesses. Na eventualidade de uma contenda internacional, ambas as partes devem apoiar-se mutuamente.

Artigo 6º – Fica assegurada às populaçãos das micronações signatárias a livre circulação em seus territórios e suas dependências, tendo em vista o trabalho, estudo, turismo, diplomacia, em acordo com as leis nacionais e intermicronacionais vigentes. A livre circulação populacional não garante a dupla cidadania.

Artigo 7º – Fica assegurada a transferência de capitais das micronações signatárias, com taxas de câmbio fixadas em comum acordo entre os governos das partes envolvidas, em acordo com as leis nacionais e intermicronacionais vigentes.

Artigo 8º – O presente Tratado deverá ser ratificado por cada uma das micronações signatárias.

Feito em Niterói, no Estado Livre da Guanabara, em 08 de Agosto de 2019.

Guanabara inicia campanha pela igualdade de gênero

Governo cria Comitê para Igualdade de Gênero (CIG)

O Governo do Estado Livre da Guanabara anunciou nesta sexta-feira (26/07/2019) a criação do Comitê para Igualdade de Gênero (CIG). O órgão será responsável por campanhas e ações para diminuir as diferenças, tanto sociais, quanto profissionais entre os dois gêneros.

O comitê será presidente pela parlamentar Fabiana Costa, presidente do Partido Social Democrata (PSD).

A proposta dos especialistas é que esta nova instituição possa coordenar e monitorizar a implementação da Convenção para a Eliminação de Todas as Formas de Discriminação Contra a Mulher.

As recomendações destacam o fato de que as delegacias receberem em média 2,5 mil queixas de violência baseada no género por ano. Em 2018, todos os casos de feminicídio envolviam mulheres que deixarem os seus parceiros.

O comité recomenda  que “as autoridades cariocas intensifiquem os esforços para aumentar a consciência do público em geral sobre o tema, e em particular das mulheres em áreas rurais, urbanas e migrantes”.

Nos setores de justiça, do judiciário e dos agentes da lei, a sugestão é que os profissionais sejam capacitados para a aplicação direta da convenção ou para a interpretação da legislação nacional em processos judiciais.

Outra questão apontada é que os julgamentos em casos de discriminação baseada no género não são facilmente acessíveis ao público, e que falta um mecanismo, dentro do judiciário, para receber reclamações sobre o preconceito de género.

Outra proposta é que seja aumentada a consciência sobre a questão da igualdade de género em homens e meninos.

Tratado de Reconhecimento – Guanabara e Viltrum

Nesta sexta feira (5). S.G Dom Romeu Matarazzo Giovanni, Se reuniu com o Excelentíssimo Presidente da Republica do Estado da Guanabara. A Reunião se ocorreu na capital do Império na Cidade de Júpiter, no palácio Imperial . ali Exmo. Senhor Adilson Requião e Vossa Graça Dom Romeu Matarazzo Giovanni, Assinaram um tratatdo de Mutuo reconhecimento e cooperação entre as nações.