América vence Americano e é campeão da Série B1 do Carioca

Com o final da Série B1, tanto América, quanto Americano conquistaram acesso à elite do Carioca em 2019. Inclusive, ambos se enfrentam na estreia da Seletiva, ainda este ano, no dia 22 de dezembro, com mando do time de Campos.

Jogo equilibrado e sem gols no primeiro tempo

Na etapa inicial, ambas as equipes começaram se estudando, mas sem se arriscar muito no ataque por conta do forte calor. As finalizações eram, em sua maioria, de fora da área, porém sem levar muito perigo.

As chances mais claras pelo lado do Americano foram todas com Cláudio Maradona, que, em três oportunidades, parou nas defesas do goleiro Rafael. Por sua vez, pelo lado do Mecão, Daniel foi quem teve a melhor oportunidade, mas perdeu a chance na pequena área.

América abre o placar com golaço e fatura o título

O panorama se manteve o mesmo na etapa final, mas o América foi eficiente no ataque. Aos oito minutos, Felipe Pará passou por três adversários e tocou para Quaresma, que ajeitou e acertou um lindo chute no ângulo.

A partir daí, o Americano começou a sair aos poucos para o ataque, porém, os remates não ofereceram perigo à meta de Rafael. Por sua vez, o América diminuiu um pouco o ritmo e controlou a vantagem positiva por boa parte da etapa final e ainda teve chances de ampliar o marcador.

Nos minutos finais, o Americano pressionou, inclusive com o goleiro Luis Henrique indo para a grande área para tentar marcar. Sem sucesso, o América segurou o 1 a 0 e se sagrou campeão da Série B1 do Carioca pela terceira vez.

Ficha técnica: Americano 0x1 América

Competição: Campeonato Carioca Série B1 – final
Data: 29 de setembro de 2018 (sábado)
Horário: 13h10min (de Brasília)
Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Paulo Renato Moreira da Silva Coelho (RJ)
Assistentes: Wallace Müller Barros Santos (RJ) e Rafael Gomes Rosa (RJ)
Gols: Quaresma, 8’/2ºT (0-1)
Cartões amarelos: Paulo Vitor, Luis Henrique (ANO); Quaresma, Wesley (AME)

Americano – Luis Henrique; Sanderson (Valdir, 26’/2ºT), Espinho, Gabriel e Rafinha; Abuda, Vandinho, Paulo Vitor (Marquinhos, intervalo) e Gustavo (Luan, 12’/2ºT); Maikon Aquino e Claudio Maradona. Técnico: Josué Teixeira.

América – Rafael; Wesley, Bruno Santos, Vladimir, Lucão e Quaresma (Marlon, 30’/2ºT); Flávio Pará, Araruama, Anderson Künzel e Felipe Pará (William Chrispim, 31’/2ºT); Daniel. Técnico: Luizinho Lemos.

1 Comment

Leave a comment